A garrafa amarela, entregue a ela

Eu peço desculpas pelo meu mau humor e minhas respostas sem paciência. Peço desculpas por ter me esquecido que minhas maiores características sempre foram a criatividade, a alegria e o otimismo. Desculpa por ter criado o hábito de criticar o tempo todo.

É falha minha, perdoe a minha dificuldade de entrega sentimental e minha mania de fugir. Mas eu volto.

Perdoe todas as vezes que tirei conclusões precipitadas e julguei pela aparência. Vou tentar não repetir. Vou tentar também não ser tão perfeccionista.

Desculpe os meus medos, meus bloqueios, minhas incertezas e meus erros constantes. Meu lado feminista, meu lado frio, meu lado nervoso e direto. Minha mania de deixar tudo para a última hora. Minha preguiça na hora errada.

Enfim, posso dormir aqui com vocês?

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: