Meio termo

– Não é para ser um grude, mas também não precisa ser tão distante.

– Vai sonhando, isso não existe. Ou o homem é doente de ciúmes, ou ele nunca fala nada.

– Ah, sei lá. Não é legal ficar falando de namoros passados, mas ele poderia ao menos ter uma pequena curiosidade em saber o que já aconteceu comigo algum dia.

– Ou ele vai querer saber todos os detalhes ou nunca vai te fazer uma simples perguntinha do tipo: “Mas, meu bem, quem você já namorou além de mim?”

– Que chato isso, né? E a gente bem que queria perguntar algumas coisinhas também, mas ele é um baú fechado.

– Ou eles falam tudo que não precisa ou não falam nada.

– Que bosta, podia existir um HMT.

– HMT?

– É, Homem Meio Termo.

– Amiga, isso não existe. A gente tem que se adaptar mesmo.

– Depois nós mulheres é que somos complicadas.

– O foda é quando eles têm energia para beber até amanhecer, mas para outras coisas mais gostosas eles estão sempre cansados.

– Pois é. A gente só queria um pouco mais de energia em alguns momentos e alguma atençãozinha mais freqüente. Nada de mais!

– Não existe. Por isso acho que a gente deve ter mais de um homem na vida.

– Nem tanto.

– Brincadeira. Mas dá vontade. Um para te escutar, um para você ouvir, um para agüentar seu ritmo, um para não ter tanto ritmo quando você não estiver muito a fim, um para te fazer companhia em programas divertidos, um para entender quando você quer ficar sozinha, um que goste de ficar mais com você do que com os amigos, outro para entender que você também gosta de ficar com seus amigos, um para te encher de elogios sinceros e outro para não encher tanto a sua bola. Simples, gente.

– Pois é! Isso tudo a gente encontra no HMT.

– Mas não existe HMT.

– É tão difícil agradar uma mulher?

– Homens são complicados, amiga, não somos nós.

– E que um dia meu telefone toque com um homem me dizendo: “Sou tão meio termo, mas ainda não encontrei alguém que gostasse disso…”

– E que um dia toque o telefone!

Anúncios

1 comment so far

  1. Vorjano Signora on

    Carol, gostei muito do meio termo. Você escreve muito bem e é bem crítica. A questão levantada sobre o HMT é muito pertinente. Eu tenho uma opnião sobre esse assunto, caso você esteja interessada em saber. Aí vem o “achismo” devido a falta de fontes cientificas sobre o tema proposto.
    Todos nos homens e mulheres procuramos algo perfeito em nossos companheiros ou companheiras não queremos alguém que leia nossos pensamentos, porque queremos cultivar nosso individualismo e nossa privacidade, mesmo não sendo alguém com poderes mediunicos, queremos alguém que nos entenda, deus me livre de uma mulher adivinha do meu lado, isso é algo deprimente, humilhante e muito, muito chato. Imagine você deseja um copo de água e a pessoa aparece lá com ele.
    Não eu quero alguém que tenha a capacidade de me ler e tentar a cada dia me entender. Não quero a ciumenta que desfarça que não o é, não quero uma mulher para cada ocasião, e é claro você também não quer um homem para cada ocasião, porque um homem ou uma mulher para cada ocasião demonstra na verdade um grande desvio de personalidade, ou, multiplas personalidades.
    Acho que já falei demais se você achou legal ou interessante me mande um e-mail que agente pode trocar mais comentários.

    Eu também escrevo, para um site: http://www.cultblog.com.br

    Abração


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: