Ciúmes de você

Esses dias eu parei para ler um artigo que falava sobre ciúmes e comecei a refletir sobre o assunto. Ciúme é um sentimento que cerca praticamente todas as pessoas deste mundo. Há aquelas que são mais preparadas, mais maduras e conseguem passar por cima deste sentimento. E há aquelas que não são fortes o suficiente para enfrentá-lo e acabam machucando as pessoas com quem se relaciona.

O ciúme existe em todas as relações. No trabalho, na família, nas amizades e, principalmente, nos relacionamentos de amor.

Dizem que há aquele ciúme saudável, que é o tempero da relação. Sim, é verdade. Mas o problema é quando o ciúme vai crescendo e acaba fazendo do relacionamento uma chatice, recheado de brigas e ofensas. E de tempero, ele passa a ser o veneno.

Como é seu ciúme. Você já sentiu?

Quando um dos parceiros tem ciúme, acho que fica mais fácil de resolver a situação. Basta conversar, explicar e o outro ter paciência para ajudar. E é bom lembrar que quem mais precisa de ajudar alguém é a própria pessoa que sente esses ciúmes exagerados. É essa própria pessoa que deve trabalhar o sentimento, parar, respirar, refletir e deixar passar. Ela deve se ajudar.

O ciúme transforma amor em insegurança, medo de perder e possessividade. Ele consegue fazer nossa imaginação ir longe! A gente imagina o outro fazendo de tudo, as situações mais cabeludas, horrorosas e até impossíveis de se acreditar. Você perde o controle, chega no namorado, namorada, marido, esposa e fala coisas que não queria. Depois, quando passa um tempo, você pensa e vê que não precisava de tanto e que realmente o que você imaginou era muito para ser verdade. Complicado, né?

Em algumas relações esse tipo de situação acontece com freqüência e pode fazer com que um grande amor que poderia ser vivido por muito tempo, acabe de repente, deixando muitas mágoas. Um dia o outro parceiro perde a paciência e sai em busca de algo mais saudável. Ou então, com tamanha raiva de tanta desconfiança com a fidelidade que sempre teve, mas o “ciumento” nunca reconheceu, resolve dar motivo para tanto ciúmes fazendo tudo aquilo que um dia ouviu ter feito.

Quem sente ciúmes sofre muito e também se machuca muito. Muito mais que o outro. E se fazer de vítima, de traído vai só aumentar essa dor.

Relacionamentos devem ser saudáveis e devem acrescentar. Pense mais, pense com cuidado. Se aquela pessoa está com você é porque ela te quer.

A gente sempre ouve histórias desse tipo:

“Meu antigo namorado sempre desconfiou de um cara que eu nunca havia reparado antes. De tanto ele falar eu comecei a reparar no tal cara. De tanto ele falar despertou uma curiosidade em relação àquele moço. Resultado: Hoje eu estou com o moço e o antigo namorado despertando curiosidades por aí, formando novos casais e ficando cada vez mais sozinho.”

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: