Peitos e pererecas na sauna

Tinha tudo para ser um sábado alegre e diferente do normal, afinal, resolvi fazer programa de mulherzinha. Fui à sauna do clube, no qual sou sócia, com minha querida mãe. Sabe esses programas de fazer unha, massagem, hidratação no cabelo e caminhada? Pois é, eu fui lá hidratar e fazer a unha.

Eu sei que muitas vezes falo da minha vontade de conviver mais com mulheres, eu sei. Mas ficar ouvindo O TEMPO TODO que o marido deve mandar a esposa emagrecer e que o vizinho deixa as crianças com o tio, é demais. Mas isso dá para agüentar, até tentei ficar espantada com o vizinho. Só na hora que falei que eu não concordo em obedecer marido gordo é que tive problemas e resolvi ficar calada o resto da sauna.

O que não deu pra suportar mesmo foram as pererecas e os peitos. Sim, pererecas e peitos andando pela sauna e tomando ducha. Bando de mulherzinha que resolve ficar pelada em sauna, nojoooo! Sabe o que elas fazem? Ficam peladinhas na sauna, tomando banho na ducha pública, esfregando a cabeça enquanto os peitos caídos, pequenos, grandes, duros, moles, redondos e achatados balançam.

E tem também a mania de enxugar a perereca na frente de todo mundo. Essa é a pior. Imaginem, enquanto uma fala das crianças, a outra escuta, muito próxima da outra, enxugando a petequinha. Tudo muito natural. Mas elas ficam lá, olhando cada detalhe e esperando a próxima ir embora para falar de tudo o que reparou.

Eu vi todos os peitos e todas as pererecas e reparei em cada um deles, pois é impossível não olhar, já que elas fazem questão de desfilar. O pior de tudo é quando elas agacham para pegar a toalha no chão! Parece que é de propósito. É irritante. Isso não dá pra agüentar. Eu quis morrer quando vi as bundas arreganhadas. Eu quis falar para cada uma delas pararem de enxugar a florzinha molhadinha na minha frente. Eu não quero ver a florzinha, a depilação especial ou a falta de depilação. Jamais!

Eu quis levantar e fazer uma palestra para elas largarem de ser besta e não darem ouvido aos maridos gordos e barrigudos que mandam elas emagrecerem.

Porém, não fiz nada disso. O que aconteceu foi que toda essa raiva ficou exposta na minha cara. Então, conseqüentemente, o que aconteceu foi que na hora que eu saí do local mais feminino do planeta eu ouvi: Nossa, vocês viram como a filha da Izabel é mal humorada?

Que bom que vocês viram isso, nojentas. Enquanto vocês vão ficar lembrando apenas do meu humor, eu vou lembrar das pererecas feias e dos peitos feios de cada uma de vocês.

Anúncios

3 comments so far

  1. cassim on

    que menina mal-humorada!!
    HahAHAhaHahAHAhaHahAHAhaHahAHAhaHahAHAhaHahAHAhaHahAHAha
    Nossa Carol, to passando até mal aqui… você nem é crítica!
    🙂

  2. laranja on

    Rárárárá !!! Muito boa !!! Se eu tivesse habilidade escreveria a versão masculina pra você !! hehehehehe !!!

  3. cibele menezes on

    isso aconteceu mesmo??? qeu mulheres sem vergonha…aneim…kkkk. beijos!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: