Archive for maio \19\UTC 2009|Monthly archive page

O omelete

Na casa da minha avó, onde eu moro agora, é cheia de rotinas e uma delas é o omelete que meu avô faz. Bastou eu ter comido e gostado na primeira vez, que ele e minha avó acham que eu vou gostar do omelete para o resto da vida. Acontece que enjoa e eu enjoei.

É um omelete com um tanto de verduras, presuntos, queijos, fermentos, aquilo, aquilo outro, etc. Na primeira vez eu realmente gostei, na segunda também, na terceira já não era mais a mesma coisa, na quarta o cheiro me dava náuseas e na quinta eu comecei a fingir que estava comendo e colocava os pedaços falsamente engolidos no guardanapo e depois, discretamente, jogava fora.

Uma pessoa normalmente falaria: Vó, sabe o que é, enjoei do omelete, vamos mudar o prato?. Mas na casa da minha vovozinha as coisas não são tão simples.

Quando eu ouço ela falando para meu avô:

– Adôôôôneees, amanhã vamos fazer omelete porque a Carol A-DO-RA!

E meu avô responde:

– Com muito prazer!!! Amanhã vou caprichar!!!

Eu começo a sentir aquele cheiro, aquele gosto e sinto suores frios escorrendo pelas minhas costas.

Então eu resolvi agir como qualquer um agiria, resolvi tentar uma coisa raramente tentada na casa da minha avó: sugerir algo diferente do que ela costuma fazer.

– Vó.

– Fala Carolina.

– Sabe o que é?

– Hum?

– Amanhã eu não quero omelete, estou meio enjoada.

– OOOOOOO QUÊÊÊÊÊÊ????????????????????????????????????

– Oi?

– Você falou alguma coisa do omelete que seu avô faz para você??? O omelete que você tanto gosta??

– Eu? Eu falei?

– Você não quer mais o omelete? O-ME-LE-TE!

– Claro que quero! Eu só vim aqui falar que eu estava DE-SE-JA-DA daquele omelete.

– Então amanhã tem de novo, minha netinha. Adôôôôneeeeeees! Amanhã tem omelete!

 

Provavelmente morarei com ela até o final do ano. O jeito é continuar a inventar várias maneiras de fingir comer um omelete durante os próximos 7 meses.

Mas e a Alice?

“Mas e a Alice?” Perguntou a menina para sua mãe. “A Alice não existe mais querida”

“Quando a Alice morreu, seus olhos se transformaram em cruz?”

“Não, querida. Quando humanos morrem seus olhos se fecham. Só nos desenhos animados eles se transformam em cruz”

“Então tá, mamãe. Vou fechar meus olhinhos”

E lá se foi Alice.

O homem dos 10 itens e sua lista

Meninas, existe um tipo de homem que vem com uma lista de 10 itens junto com ele. É um tipo raro, mas existe e a lista é difícil de ser encontrada. Ao longo do tempo, descobri que todo homem acompanhado com essa lista tem o nome com as seguintes iniciais: L, M e N. Incluindo os apelidos.

Bom, eu encontrei essa lista e estou aqui para apresentá-la para vocês. Quem sabe uma de vocês acaba descobrindo que esse tipo já passou em suas vidas e o problema era por causa da lista embutida neles e não em você?

 

 

Lista H10I (Homem 10 Itens):

 

Item 1:

Sou devagar, lerdo, esquecido e desnaturado. Você precisa entender.

Comentário: Acho que não há comentário. Só precisamos tentar entender.

 

Item 2:

Sou auto suficiente. Gosto de ficar sozinho de vez em quando, pois é saudável ficar sozinho de vez em quando. Você precisa entender.

Comentário: Acho que qualquer uma entende que ficar sozinho de vez em quando é saudável. Desde a gente já não passe praticamente TODOS os dias sozinhas.

 

Item 3:

Eu trabalho muito. Principalmente quando é a semana em que você está mais próxima de mim. Você precisa entender.

Comentário: Jura??? Eu também sempre trabalhei muito. Mas eu sempre tenho um tempinho para pelo menos uma mensagem delicada, um lembrete, um aviso, uma notícia básica.

 

Item 4:

Eu vou comprar um telefone que tem um número que fala de graça com você. Mas eu só vou te ligar, quando ligar, nos momentos que você já tiver dormido, porque, como dito no Item 1, eu sou lerdo. Você precisa entender.

Comentário: Como no Item 1, eu não consigo fazer um comentário a respeito. Só preciso tentar entender.

 

Item 5:

Se alguma discussão entre a gente acontecer, eu prefiro que seja através de mensagens, via celular. E eu não vou te ligar para tentar esclarecer, me comportarei como se nada tivesse acontecido e continuarei sem fazer questão de sua presença, sem mandar uma notícia básica. Você precisa tentar entender.

Comentário: Enquanto isso, há tantos homens querendo nos consolar…

 

Item 6:

Amigos em primeiro lugar. Inclusive após o casamento. De vez em quando eu trabalho nos feriados e não poderei ficar com você. Mas se meus amigos me ligarem, eu paro de trabalhar. Se você não quiser ir comigo, eu vou sem você. São meus amigos, você precisa tentar entender.

Comentário: Um homem normal, sem lista, com o passar do tempo começa a abrir mão de certas coisas para ficar com uma mulher,, caso há um mínimo envolvimento ou possibilidade de sexo.

 

 

Item 7:

Eu tenho um carinho especial pelas minhas amigas do sexo feminino. Portanto, elas sempre saberão mais da minha vida que você, elas sempre receberão mais mensagens e notícias minhas do que você. São amigas, são especiais, você precisa tentar entender.

Comentário: Com certeza as mulheres também têm amigos assim. Mas felizmente a gente, ou qualquer outro ser humano normal, começa abrir mão de certas coisas pra ficar com o ser amado mais tempo.

 

Item 8:

Eu sempre terei preguiça de dirigir de uma cidade pra outra, por 3 horas, 2 horas, ou até 1 hora e meia pra te ver. 10 minutos já me cansa.  Acho que não vale à pena. Até porque estradas são ruins e ônibus fica caro. Você precisa tentar entender.

Comentário: Eu vou tentar entender. Claro. Eu preciso mesmo entender.  

 

Item 9:

Eu sou NERD. Sou muito inteligente para animar de ir fazer uma viagem inesperada, de última hora com você. Prefiro beber cerveja e conversar. Você tem que entender.

Comentário: Esses dias um cara me chamou pra uma viagem a dois e fazia MUITA questão da MINHA presença. Ah! Mas eu preciso tentar entender você, e não o cara. Desculpe.

 

Item 10:

Mas para te agradar eu te convido para uma viagem! Vamos eu, você… e MEUS AMIGOS. Espero que não se importe, mas não teremos um quarto para nós dois, vamos ter que dividir a sala com a galera. Você entende, né?

Comentário: Entendo. Mas vou sair de viagem com uns amigos agora e, coincidentemente, tem um quarto só para dois. Você entende se eu ocupá-lo com outro né?